Receba nossas atualizações por email
» Produtividade » Como se manter focado e produtivo como freelancer

Para muitas pessoas que trabalham como freelancers ou de forma remota para uma empresa, produzir e manter o foco é muito fácil, para outros esse é o maior desafio de trabalhar com tanta liberdade. Se você está em um momento em que você se vê lutando e gastando horas em tarefas diferentes das que acha que deveria (como passar muito tempo em redes sociais), você certamente precisa de alguma ajuda para manter o foco, então pensei nesse artigo para compartilhar algumas dicas que podem fazer alguma diferença no seu dia a dia.

Se organize previamente

Muitas pessoas escolhem ser freelancers por sua liberdade. O que é melhor do que acordar na hora que quiser e trabalhar de pijama? Até tem coisas melhores, mas vamos manter o foco no trabalho 🙂

Em termos de trabalho, poucas coisas são melhores, mas não é só porque não tem um chefe te pentelhando ou um prazo apertado chegando isso não significa que você não deve ter planejamento e sobretudo disciplina. Não deixe a preguiça ou a desorganização tomar conta de você, você pode criar um cronograma que funcione da melhor forma para você.

Vou compartilhar com você um pouco da minha rotina como exemplo:

Meu trabalho é 100% remoto em uma empresa distribuída, costumo planejar meu ano para me permitir duas coisas principais: trabalhar de home office na maior parte do tempo e trabalhar viajando por aí em algums momentos do ano. Na empresa que trabalho, temos pelo menos 2 viagens por ano para encontrar os colegas de equipe (team meetup) ou toda empresa (grand meetup), e nestes momentos costumo pesquisar se vale a pena passar mais dias na cidade do evento ou em alguma cidade por perto, ou aproveitar que já estou fora de casa e emendar alguma outra viagem para um lugar tranquilo para recarregar as baterias, com isso tenho uma rotina nos momentos de home office, outra rotina quando viajo e trabalho de qualquer outro lugar.

Quando trabalho de casa, meu planejamento costuma levar em contas os seguintes parâmetros:

  • Horário que gosto de acordar – e isso define que horas devo dormir também.
  • Horários que sou mais produtivo – Aprendi que não rendo tão bem se trabalhar por mais de 4 horas seguidas constantemente e que uma longa pausa para o almoço me recarrega muito bem pois descansam bem minha mente.
  • Tarefas pessoais – Alimentação, cuidados da casa, tempo para exercícios e para visitar família, encontrar amigos ou ir a eventos assistir ou palestrar, etc.

Não sou uma pessoa que adora acordar mega cedo, costumo acordar por volta de 07:30 da manhã e sei que demoro cerca de uma hora para tomar café, banho, me arrumar minimamente, fazer alguma tarefa pessoal rápida e ter alguns minutos antes de começar para rever como será meu dia. Começo a trabalhar no mínimo as 9 da manhã, assim sei que já terei feito minhas tarefas iniciais do dia e estarei mais disposto, sem preguiça para começar bem o dia.

Baseado no que relatei acima, atualmente meu cronograma de trabalho tem seguido o modelo abaixo demonstrado na imagem de nossa ferramenta de agendamento de horários na Automattic, o Happy Scheduler.

Ferramenta interna da Automattic para agendamento de horários de trabalho para nossa equipe de suporte.

Algumas coisas não aparecem de forma clara nessa imagem já que ela é só um agendamento da minha disponibilidade na empresa, então não aparecem os horários que tenho reuniões semanais que estão inclusas nas pausas de terça, quarta ou quinta e as vejo pelo Google Calendar, que mostra também o que fui agendado para fazer em cada horário, se algum deles ficou vago, minhas tarefas pessoais, etc.

Como você não vai ter uma ferramenta como a acima, aconselho fortemente utilizar o Google Calendar diretamente, com ele você terá a facilidade de criar os blocos de horários que quiser e conseguirá consultar sua agenda de qualquer dispositivo, ou utilizar outra ferramenta para gerenciamento de projetos como Asana, Runrun.it, entre outras, mas as sincronizar com um calendário em seu celular lhe trará a facilidade de ter sempre acessível sempre que você precisar.

Parte do meu planejamento inclui inclusive na noite anterior olhar o que eu tenho a fazer no dia seguinte. Se tenho reunião, o fone de ouvido precisa estar carregado (uso um fone bluetooth), se tenho horas seguidas sem muita pausa (como na quarta-feira acima), já penso em tudo que terei que fazer e deixo as refeições já prontas, a roupa que vou usar no dia seguinte separada, minha caneca favorita de café em cima da mesa, água na cafeteira (ou correr no mercado pra comprar café, sem ele eu não vivo), etc.

Se você quiser ter um intervalo de 30 minutos no meio do dia para o café, fique a vontade! Se você tiver um horário certo para levar e buscar os filhos na escola, coloque isso em seu calendário assim você sempre lembrará que tal horário está bloqueado para qualquer outra atividade.

A falta de organização lhe levará ao fracasso, disciplina é uma das chaves de sucesso para qualquer trabalho bem sucedido.

Conheça seu ciclo de energia

Não somos como os comerciais de pilhas em que o coelhinho da Duracell não para nunca, temos nossos ciclos de energia mais alta e mais baixa como qualquer mortal.

Coelho Duraecll

Todo dia tem seus pontos altos e baixos, e cada um vai ter o seu ciclo. Alguns preferem trabalhar durante o dia, outros preferem o silêncio das madrugadas e se sentem mais focados durante as noites (já fui assim em meus tempos de desenvolvedor web).

O segredo aqui será descobrir em quais horários você se sente mais ativo, e usar estes horários como os principais do seu dia de trabalho, deixando os horários menos ativos para outras tarefas menos importantes (falaremos delas mais a frente).

Descansar é preciso

Não somos máquinas, todo mundo precisa de um horário de descanso e a melhor maneira de se sentir motivado é fazer outras coisas que você gosta. Se você se forçar a trabalhar nos horários de descanso você provavelmente enrolará ou terá um tempo menos produtivo, e isso vai afetar seu(s) dia(s) seguinte(s), e isso pode virar uma bola de neve ladeira abaixo.

Ao invés de apenas criar blocos de horas para trabalhar, divida seu trabalho em mini-tarefas e permita se recompensar quando atingir alguma meta.

No meu horário, alguns dias tenho longas pausas que uso para me exercitar, mas alguns dias decido utilizar estes horários para relaxar a cabeça, jogar videogame, ver um episódio de algum seriado ou até mesmo tirar aquela gostosa soneca pós-almoço largado no sofá. Você pode achar mais fácil fazer pequenas pausas durante o dia, ou trabalhar por horas e descansar mais.

Algo que me ajuda a manter a disciplina é não me dar recompensas se não cumpri um mínimo de metas. No começo me sentia como treinando um animal de estimação mas eu era o animal em questão, e ao longo do tempo vi que isso me ajudava a ter mais foco e automatizar alguns processos na minha cabeça (como falar pra mim mesmo “Dá pra melhorar Guga, sei que você consegue mais do que isso… vamos tentar focar mais?”).

Também é importante conhecer seus limites, entenda qual é o máximo de horas seguidas que você trabalha bem, aproveite intervalos para fazer coisas que exijam pouca energia mental, assim você relaxa e volta bem para seu trabalho.

Descansar vai lhe fazer bem, um alarme pra te lembrar a hora de voltar também.

Fuja de ladrões de foco

A maioria das redes sociais e aplicativos de mensagens funcionam de forma assíncrona, você não precisa responder todas as mensagens imediatamente, então silenciar redes sociais, Whatsapp e afins lhe ajudará a ter menos ladrões de foco. Claro que muitos utilizam tais ferramentas como ferramente de trabalho, mas se você não trabalha gerenciando anúncios ou moderando comunidades online você não precisa estar 100% do tempo ligado nelas.

Normalmente meu celular fica no silencioso, desativo as notificações de aplicativos que não sejam realmente essenciais e utilizo o Franz no computador para receber mensagems de WhattsApp e Facebook Messenger. Isso me dá a liberdade de fechar tal aplicativo nos momentos que não posso responder ninguém pois estou realmente focado em meu trabalho, e se algo realmente urgente acontecer as pessoas podem lhe telefonar ( sim, smartphones ainda tem essa função embora você use pouco), então educar seus amigos e família para entenderem que você não está de olho nisso o tempo todo lhe ajudará a não precisar usar tanto tais ferramentas. Deixa isso pra hora do café, pra hora de ir no banheiro, pra hora de almoço, etc.

Cuide bem de si mesmo

Parece algo batido mas boas horas de sono, alimentação controlada e uma boa rotina de exercícios fazem um grande bem para sua produtividade. Saber dizer não e não pegar mais trabalho do que você pode dar conta também farão bem pra você, mas você não conseguirá fazer isso se não aprender a demitir clientes ruins, conseguir melhores para seu lugar, usar o tempo para projetos que realmente valham a pena. Claro que algumas vezes a grana aperta e você vai ter que trabalhar um pouco mais, mas se isso virou rotina deve ter alguma coisa muito errada com seu planejamento, certo? Se valorize!

Sobre exercícios, como controlo bem minha produtividade diária consegui notar que minha produtividade melhorou cerca de 15% depois que comecei a praticar exercícios físicos ao menos 4 vezes por semana (durante a pausa para o almoço, logo antes de comer, mas você pode encaixar no horário que for melhor para você), passei a me alimentar de forma saudável e tudo isso acabou por regular meu sono já que um corpo cansado tende a dormir mais cedo. Essa pequena diferença me permitiu passar de um patamar de performance considerado bom na empresa onde trabalho para um patamar considerado ótimo, e me deu ainda mais segurança sobre minha capacidade de ser realmente bom no que faço.

Controle bem suas entrada$ e saída$

Se você não controlar bem entradas e saídas, nunca saberá se está tendo lucro ou prejuízo.

Uma das grandes vantagens que ferramentas de gerenciamento de tarefas lhe trarão é saber quanto tempo em média você leva para fazer uma determinada tarefa, e isso vai lhe ajudar a saber se você está cobrando um valor que cubra o gasto que isso lhe gera.

Se você dividir quanto você ganha no mês pela quantidade de horas trabalhadas você terá uma noção melhor de quanto é o seu valor por hora, se ele for menor que o valor total gasto no mês (como custos do trabalho + despesas fuxas + custo de materias, por exemplo) + uma margem de lucro que você julgue interessante, talvez você precise reajustar isso e aprender um pouco mais sobre precificação de serviços. Aplicativos financeiros ou a boa e velha planilha lhe ajudarão a ver o todo, organizar mês a mês e levantar tais dados de maneira mais organizada.

Um espaço de trabalho confortável lhe ajudará

Passar horas a fio sentado em uma cadeira desconfortável, em uma mesa mais alta ou mais baixa do que você gostaria e outras coisas assim podem roubar sua produtividade. Busque um ambiente tranquilo se barulho lhe atrapalha ou dê um play naquela playlist que você gosta para ouvir algum barulho que lhe agrade, decore o ambiente com items que você gosta, tenha um monitor, teclado e mouse daqueles que você curte, regule bem a temperatura do ambiente, tenha quadros e items que você goste (tenho quadros e um escudo do capitão américa na parede ao lado de meus Action Figures e HQ’s, ficam logo atrás de mim e aparecem em todas as reuniões).

Nem sempre sairão baratos, mas certamente lhe darão mais prazer para trabalhar e estar nesse ambiente.

espaço de trabalho
Eu certamente amaria trabalhar em uma mesa asssim todos os dias.. e você?

Ferramentas

Citei algumas como o Franz e o Google Calendar, e que você pode preferir usar algum sistema de gerenciamento de tarefas como Asana, Runrun.it, Todoist ou outras, o importante é testar e chegar em alguma que lhê agrade.

E siga estas dicas… ou não! (sim, caetaneei nessa frase)

Essas são algumas dicas que podem funcionar para alguns, para outros não, então a maior dica é: teste e anote o que funcionar melhor para você. Cada um terá uma rotina, um tipo de trabalho, uma realidade única, então seja curioso e teste, teste, teste!

Gostou das dicas, tem alguma coisa que você testou e funcionou bem pra você? Comente e compartilhe conosco o que puder engrandecer a experiência de todos que chegarem a esta matéria!

Guga Alves

Já fui empregado (CLT e PJ, em empresa tradicional, ecommerce e em startups), freelancer e dono de empresa, estagiário em empresa pública e durante esse caminho me formei em TI e fiz pós graduação em Marketing Digital... passei por todas as formas de trabalho que eram possíveis para minha área, inclusive por uma das maiores empresas com equipe 100% distribuído pelo do mundo, a Automattic / WordPress.com.

Vivendo os benefícios do trabalho remoto, me dedico por aqui a ajudar pessoas que querem melhorar sua organização e produtividade para conseguirem uma melhor performance, qualidade de vida, e quem sabe um trabalho remoto também :)

Artigos do autor

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *