Receba nossas atualizações por email
» Trabalho remoto » 13 perguntas comuns em entrevistas de trabalho remoto

Seja você o entrevistador ou o entrevistado, as entrevistas de emprego remotas são um pouco diferentes. Há várias perguntas que precisam ser feitas e que você nunca ouvirá em uma entrevista tradicional, ou talvez perguntas comuns de entrevistas mas que exijam respostas completamente diferentes para uma função virtual. Qualquer que seja o lado da mesa em que você está, este artigo está aqui para lhe ajudar.

Se você perdeu, aqui estão as nossas 5 dicas para ajudar você a se preparar para uma entrevista de emprego remoto que ajudou os candidatos a se preparar para a vídeo chamada e ajudou os entrevistadores a saberem o que observar. Hoje, vamos equipá-lo com o conhecimento que você precisará depois que a webcam for ativada e a entrevista começar. Aqui estão algumas perguntas (e respostas) de entrevistas de trabalho remoto que podem surgir:

1. Por que você está mais interessado nessa vaga?

Esta é uma pergunta para os entrevistadores filtrarem candidatos sérios de candidatos que só querem trabalhar remotamente. Já dissemos isso antes e dizemos novamente: a localização de um candidato não afeta suas qualificações. Os candidatos devem sempre destacar sua experiência relevante e seus objetivos profissionais ao responder a essa pergunta – não o desejo de sair livremente de um escritório.

2. Qual é o seu curso típico de ação quando você encontrar um problema?

A colaboração virtual requer um tipo intencional de comunicação – proatividade confiável, confirmação de informações responsável e transparência. Perguntar sobre solução de problemas pode ajudar a avaliar se um candidato vai mostrar um bom equilíbrio entre a proatividade independente e o trabalho em equipe colaborativo.

3. Como você supera uma queda na criatividade ou produtividade?

O autogerenciamento é um traço crucial de qualquer trabalhador remoto. Os empregadores querem saber que um funcionário será capaz de ser auto-disciplinado o suficiente para realizar seu trabalho sem o apoio de uma equipe ao seu redor – tanto nos bons quanto nos maus momentos. A resposta mais comum para essa pergunta é “vou passear e arejar a cabeça”, mas respostas criativas podem ser uma ótima prova de que o entrevistado domina pessoalmente a arte de trabalhar sozinho.

4. Como você mantém um equilíbrio entre vida pessoal e profissional?

Isolamento e burnout são dois dos três principais vilões do trabalho remoto, e ambos são combatidos com um equilíbrio saudável entre vida pessoal e profissional. Mas atenção, isso pode ser uma pergunta capciosa! Você pode ficar tentado a responder a essa pergunta ansiosamente, listando todos os hobbies e oportunidades que o trabalho remoto lhe dará a liberdade de fazer, mas que pode enviar a mensagem para o seu futuro chefe de que você ficará mais empolgado com a vida pessoal e esquecer de trabalhar. A palavra-chave aqui é “equilíbrio”.

5. Como você evita a falta de comunicação?

Sem a comunicação pessoal, é fácil que as mensagens se percam. Todos os membros da equipe precisam ser responsáveis, estejam eles enviando ou recebendo mensagem. Excelentes respostas incluem: repetir / confirmar informações do projeto ou objetivos após a atribuição e evitar idiomas secretos/linguajar/gírias internas.

6. Por que você vai (ou irá) prosperar em uma empresa distribuída?

Isso precisa ser uma resposta pessoal e significativa, por isso não podemos dizer o que uma resposta poderia ou deveria ser. Mas podemos dizer-lhe que as respostas que incluem colaboração virtual, diversidade ou qualquer outro benefício de ser um membro de uma equipe remota terão muito mais peso do que respostas com viagem, deslocamento ou liberdade.

7. Quais são algumas distrações em potencial no seu espaço de trabalho?

Esta é uma ótima oportunidade para os candidatos mostrarem sua transparência e proatividade ao mesmo tempo. Colegas de quarto, crianças e horários de viagem podem ser difíceis de lidar enquanto você deveria estar focado no trabalho. É importante que a resposta seja honesta, mas inclua também um plano de como combater as preocupações. Nada disso será considerado um problema se você mostrar que sabe como lidar com eles.

8. Como sua missão pessoal está alinhada com a missão de nossa empresa?

Muitos candidatos a empregos remotos só se candidatam a um emprego porque são remotos e não se importam com o trabalho ou a empresa e sua cultura. Não se sentir pessoalmente ligado à missão da equipe afetará negativamente a motivação intrínseca e a lealdade, portanto, a adequação da cultura é tão importante em equipes distribuídas quanto em empresas co-localizadas. Ambas as partes precisam ter certeza de que são boas para as outras e estão trabalhando para as mesmas metas.

9. Em que horário você prefere trabalhar durante o dia?

Muitas empresas distribuídas tem um fuso horário canônico, que inclui uma janela de 8 horas de “horário comercial principal” para essa empresa, ou tem a flexibilidade de você definir tais horas trabalhadas. Note que isso depende muito se a empresa é totalmente remota ou se apenas alguns estão fora, trabalhando remotamente, e devem se enquadrar nos horários dos outros. Com funcionários em todo o mundo, é comum que muitos membros da equipe trabalhem fora desse horário.

Para o caso de empresas que seguem o horário comercial de uma determinada localidade e apenas alguns estão remotos, os entrevistadores fazem esta pergunta para confirmar que o candidato terá pelo menos uma sobreposição de duas a quatro horas entre seu cronograma de trabalho pessoal e o horário comercial da empresa para acomodar o agendamento de reuniões e a colaboração da equipe.

10. Quais habilidades você acha necessárias para ser um trabalhador remoto bem-sucedido?

Mais uma vez, essa é uma pergunta capciosa para o comitê de contratação avaliar se um candidato tem ou não experiência de trabalho remota, ou se ao menos mostra que se adequaria bem (visto que a maioria das pessoas não tem experiência em trabalho remoto). As habilidades de organização e escrita são respostas comuns para iniciantes, mas não são necessariamente precisas. Em vez disso, achamos que esses sete traços e hábitos ajudarão qualquer trabalhador remoto a ter sucesso. Entrevistados, certifique-se de compartilhar uma experiência pessoal com sua resposta para provar que você sabe do que está falando e não está apenas cumprindo nossa palavra.

11. Que preocupações você tem sobre trabalhar remotamente?

Se um candidato diz alegremente: “Nada!”, é óbvio que ele está mentindo ou nunca trabalharam remotamente antes. Desde encontrar sinais de Wi-Fi, gerenciar distrações, combater o isolamento, o trabalho remoto pode ser difícil. Uma resposta ideal aqui incluiria alguma transparência sobre um obstáculo que o candidato teve que superar, incluindo a solução e os resultados.

12. Algo irrelevante e inesperado, como “Que livro(s) você está lendo agora?”

O trabalho flexível requer funcionários flexíveis. Essa é uma maneira simples de os entrevistadores testarem a capacidade de um candidato de pensar em seus pés e responder de forma transparente sobre o equilíbrio entre vida profissional e vida pessoal. Além disso, oferece um pouco mais de conhecimento sobre a personalidade do entrevistado para ajudar a avaliar o ajuste cultural.

Na entrevista para entrar na Automattic, me pediram para citar um livro que eu tenha lido e gostaria que outros lessem, e citei “Transformando suor em ouro” do Bernardinho. Como era um livro brasileiro, expliquei que era o livro de um ex-atleta da seleção de vôlei que virou o técnico mais vitorioso do vôlei mundial graças a sua visão, suor, obstinação e trabalho duro.

13. Algo que ninguém sabe a resposta

Essa é uma pergunta difícil que pode ajudar entrevistador olhar para todas as sete habilidades essenciais de funcionários remotos ao mesmo tempo. O candidato mentirá sobre a resposta, será defensivo em termos não-profissionais ou desistirá e dirá: “Não sei”. Espero que nenhuma dessas coisas aconteça. O ideal é que eles assumam a responsabilidade, admitam sua ignorância, ofereçam uma solução para encontrar a resposta, façam perguntas criativas e busquem orientação. Com certeza haverá momentos durante o trabalho em que o novo contratado não saberá a resposta para alguma coisa, portanto, o gerente precisa saber que ele lidará com esse cenário de maneira apropriada.

Todas as grandes entrevistas terminam com a oportunidade de o entrevistado tentar fazer as perguntas em vez de respondê-las. Quando um candidato aproveita essa oportunidade, ele pode enviar a mensagem ao comitê de contratação de que ele não chegou preparado ou não pensa nos processos enquanto está trabalhando.

É crucial que todo candidato a emprego chegue a uma entrevista com pelo menos três perguntas a serem feitas quando solicitado. Aqui estão algumas idéias para ajudar a inspirar os entrevistados e preparar os entrevistadores:

  • Quais ferramenta de colaboração sua equipe usa: Slack, Zoom, Asana, Trello ?
  • Como você descreveria a cultura de sua equipe e como vocês a desenvolvem juntos?
  • Quais rituais você e sua equipe aplicam?
  • Como é o seu processo de integração/onboarding na empresa?
  • Como sua equipe combate os três vilões de trabalho remoto?
  • Minha equipe/setor tem uma reunião periódica?

Este artigo foi originalmente escrito por Laurel Farrer no Yonder, mas procurei adicionar algumas visões pessoais em cada item.

Guga Alves

Já fui empregado (CLT e PJ, em empresa tradicional, ecommerce e em startups), freelancer e dono de empresa, estagiário em empresa pública e durante esse caminho me formei em TI e fiz pós graduação em Marketing Digital... passei por todas as formas de trabalho que eram possíveis para minha área, inclusive por uma das maiores empresas com equipe 100% distribuído pelo do mundo, a Automattic / WordPress.com.

Vivendo os benefícios do trabalho remoto, me dedico por aqui a ajudar pessoas que querem melhorar sua organização e produtividade para conseguirem uma melhor performance, qualidade de vida, e quem sabe um trabalho remoto também :)

Artigos do autor

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *